Joaquim Gomes é alvo da Operação Dínamo 2

Agentes fiscalizam mercearia no centro de Joaquim Gomes (Fotos: jgnoticias)
Agentes fiscalizam mercearia no centro de Joaquim Gomes (Fotos: jgnoticias)

O município de Joaquim Gomes foi alvo, nesta segunda-feira, da Operação Dínamo II, deflagrada pelo Exército Brasileiro, por meio da Diretoria de Fiscalização e Produtos Controlados. O objetivo é combater a comercialização e o uso irregulares de explosivos.

A inspeção contou com o apoio das polícias Civil e Militar, além de auditores do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Com mandados de busca e apreensão, as equipes inspecionaram uma mercearia localizada na Praça Laurentino Gomes de Barros, centro da cidade. Uma denúncia dava conta de que o estabelecimento comercializa explosivos irregularmente.

Cães farejadores foram utilizados pelo Batalhão de Operações Especiais (Bope) durante a operação, mas nada de irregular foi encontrado naquele ponto comercial. As equipes seguiram até a zona rural de Joaquim Gomes, onde inspecionaram uma pedreira.

Caravana segue em direção à pedreira na zona rural de Joaquim Gomes
Caravana segue em direção à pedreira na zona rural de Joaquim Gomes

A Operação Dínamo II foi deflagrada em todo o país. Em Alagoas, 22 municípios serão inspecionados. A fiscalização do uso de explosivos é uma atribuição do Exército Brasileiro.

Órgãos como o Instituto do Meio Ambiente (IMA) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) também participam da operação.

Eles inspecionam itens como licença ambiental para a extração dos minerais, enquanto que o MTE verifica as condições de trabalho a que estão submetidos os operários que atuam nas pedreiras.

A operação tem o objetivo ainda de coibir o desvio de explosivos para o uso criminoso. Os artefatos são utilizados, comumente, por bandos que atacam agências bancárias em Alagoas. Além de Joaquim Gomes, são alvos da operação: Ibateguara, São João da Lage, São Miguel dos Campos, Arapiraca, Delmiro Gouveia, Água Branca, Mata Grande, Inhapi, Rio Largo e Poço das Trincheiras.

One thought on “Joaquim Gomes é alvo da Operação Dínamo 2

  1. uma instituição séria faz tudo debaixo dos panos,não precisa avisar imprensa nem algo parecido para chamar a atenção seja lá de quem for,tudo isso é por causa do ano eleitoral,nada mais,porque no fim de tudo nada muda e tudo segue às mil maravilhas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *