ICMBio vai intensificar fiscalização em piscinas não regulamentadas

Piscinas não regulamentadas voltaram a ser exploradas comercialmente neste verão (Foto: divulgação)
Piscinas não regulamentadas voltaram a ser exploradas comercialmente (Foto: divulgação)

O chefe da Área de Proteção Ambiental (APA) Costa dos Corais, Paulo Roberto Corrêa, revelou que o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) já tem conhecimento de que as piscinas naturais, localizadas entre Ponta de Mangue e Peroba, no litoral de Maragogi, estão sendo exploradas comercialmente.

Ele lembrou que a utilização comercial desses ambientes recifais para passeios turísticos não está permitida pelo Plano de Manejo da APA, que só reconhece como zonas de visitação, em Maragogi, as piscinas naturais de Taocas, Barra Grande e Galés.

Paulo Roberto frisou que os operadores flagrados em desacordo com as normas da APA serão multados e podem ter suas embarcações apreendidas. Como não há a presença diária de fiscais, como acontece nas três piscinas naturais regulamentadas, a exploração de áreas não autorizadas pode favorecer a ocorrência de danos ambientais e o transporte excessivo de passageiros, dentre outras irregularidades.

O chefe da APA informou que, no ano passado, foram realizadas cinco operações de fiscalização no local. Embarcações foram apreendidas e os donos, multados. “Vamos continuar as fiscalizações”, afirmou Paulo Roberto. As multas variam de R$ 500 a R$ 10 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *