Artesão é morto na praia central de Maragogi

Corpo amanheceu estendido na praia de Maragogi (Foto: Severino Carvalho)
Corpo amanheceu estendido na praia de Maragogi (Foto: Severino Carvalho)

O artesão Eoshilio Souza Silva, 25 anos, mais conhecido como “Boneco”, foi morto a tiros na madrugada desta terça-feira. O corpo dele foi encontrado hoje de manhã na praia urbana de Maragogi, Litoral Norte de Alagoas.

A vítima usava apenas bermuda e apresentava perfurações à bala no rosto. As Polícias Civil e Militar ainda não têm pistas da autoria do crime. Ao lado do corpo, a namorada de Eoshilio, de 17 anos, permaneceu até a chegada do Instituto Médico Legal (IML), que fez o recolhimento do cadáver por volta das 10h30.

Ela revelou que o rapaz trabalhava na confecção de peças artesanais feitas a partir da palha de coqueiro e que nunca relatou ter sofrido qualquer tipo de ameaça.

“Eu estava em casa e liguei para o celular dele, mas não atendia”, disse a adolescente.

Bastante abalada, a mãe da vítima, Marinete Maria de Souza, reclamava da atitude de um policial que não a deixava ficar perto do corpo do filho dela. “A polícia é para dar um conforto e não para apontar a arma para ninguém”, queixou-se.

O corpo estendido na praia central de Maragogi atraiu os olhares de muita gente: moradores e turistas incrédulos com a cena de violência.

2 thoughts on “Artesão é morto na praia central de Maragogi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *