Moradores do Sítio Maruim ameaçam interditar AL-101

Em três dias, moradores do Sítio Maruim bloquearam pista duas vezes (Foto: Severino Carvalho)
Em três dias, moradores do Sítio Maruim bloquearam pista duas vezes (Foto/Arquivo: Severino Carvalho)

Sem água nas torneiras há mais de um ano, moradores do Sítio Maruim, no distrito de São Bento, em Maragogi, ameaçam, ainda hoje, interditar a AL-101 Norte.

Eles deram prazo até as 17 horas desta terça-feira para que o Sistema Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) restabeleça o fornecimento, caso contrário, voltam a fechar a rodovia estadual em forma de protesto.

O prazo foi negociado ontem à noite, pondo fim ao segundo protesto realizado pelos moradores em três dias. Os manifestantes interditaram o trecho das 18 h às 22 horas da segunda-feira (17). O tráfego no local flui normalmente.

No início desta manhã, funcionários do SAAE iniciaram os serviços para restabelecer o abastecimento de água. “Só vou sair daqui hoje quando botar água para o Sítio Maruim”, prometeu o diretor do SAAE, César Costa.

Segundo ele, o desabastecimento só será aplacado em definitivo a partir da perfuração de um novo poço artesiano,o que só será feito num segundo momento. “São Bento cresceu muito e também o consumo de água. Precisamos de uma novo poço para reforçar o abastecimento. Já falei isso com o prefeito e vamos providenciar”, garantiu Costa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *