Festival da Lagosta atrai turistas a Maragogi

Novidade desta edição, Festival oferece petiscos de lagosta (Fotos: Severino Carvalho)
Novidade desta edição, Festival oferece petiscos de lagosta (Fotos: Severino Carvalho)

O aposentado César Mota é pernambucano do Recife, mas reside em Curitiba (PR). De longe, acompanhava as notícias sobre o Festival da Lagosta de Maragogi. Ele desembarcou por aqui com a esposa, se hospedou numa pousada da orla marítima e foi se deleitar com os mais variados e apetitosos pratos do crustáceo durante a abertura da 5ª edição do festival, ocorrida na quarta-feira (03).

De quebra, Mota conheceu os cenários edênicos que só Maragogi consegue reunir em 22 quilômetros de litoral: praias, rios, piscinas naturais, recifes de coral, manguezais…

“Vim atraído pelo festival porque aprecio muito lagosta. Tenho acompanhado alguns festivais e, esse ano, resolvi vir. Aproveitei para conhecer Maragogi, que eu não conhecia. Está uma beleza. Já almoçamos na Pousada Camurim Grande, comemos uma lagosta”, confessou Mota, no restaurante montado dentro da Arena Gastronômica, na Praça de Eventos João Nanu, orla marítima.

O chef Guga Gomes, da Temakeria Costa dos Corais, é um dos que participam do Festival da Lagosta. Ele elaborou o prato Sushifonia.

Praia de Antunes, uma das mais belas de Maragogi
Praia de Antunes, uma das mais belas de Maragogi

“Devido ao festival, bolamos um sushi de lagosta pra ver se daria certo. Juntando tudo ficou Sushifonia. Casa bem, colou bastante e o público aprovou”, garantiu Gomes.

A Arena Gastronômica já encerrou suas atividades, mas o festival se estende até o dia 30 de setembro nos 14 restaurantes que participam do evento gastronômico. Os estabelecimentos oferecem descontos de até 40% nos pratos desenvolvidos à base de lagosta.

O Festival é realizado pelo Costa dos Corais Convention & Visitors Bureau (CCCVB) e pela Prefeitura de Maragogi, através da Secretaria Municipal de Turismo. Conta com o apoio e patrocínio do Sebrae e do Banco do Nordeste do Brasil (BNB).

Arena Gastronômica fica aberta até este domingo
Arena Gastronômica foi montada na Praça de Eventos e já encerrou atividades

O advogado Cláudio de Santana reside em Natal (RN) e veio a Maragogi com o intuito de repor as energias, não sabia que na semana em que se hospedaria na cidade seria realizado o Festival da Lagosta. Para ele, uma saborosa coincidência.

São 14 pratos exclusivos de lagosta, nos mais variados sabores
São 14 pratos exclusivos de lagosta, nos mais variados sabores

“Viemos conhecer esse lugar famoso que é Maragogi, muito bom para descansar e esquecer um pouquinho o trabalho, a grande metrópole. Então, o Festival da Lagosta foi uma feliz coincidência. Hoje, experimentamos um prato na praia de Burgalhau, que já faz parte do festival, muito gostoso. Aqui (Arena Gastronômica), experimentamos a saladinha com lagosta, muito boa também, e agora vamos provar do pastel”, disse, acompanhado da esposa.

O objetivo do festival é atrair fluxo turístico durante a baixa estação e consolidar a gastronomia como atrativo.

“Queremos dizer aos turistas que nós existimos como destino gastronômico. Queremos dizer que Maragogi hoje tem um evento consolidado. Participamos das feiras de turismo que antecederam o festival com material de divulgação específico, divulgamos por meio das redes sociais, dos receptivos e hoje temos esse ambiente coletivo”, festejou a presidente do CCCVB, Vergínea Stodolni, em entrevista a GazetaWebMaragogi.com, durante a abertura do festival.

“Nosso esforço é para fazer um evento que atraia o turista a Maragogi, que ele se sinta satisfeito com o que encontra, volte nos próximos anos e divulgue nosso destino da melhor forma possível em suas cidades de origem; que isso ajude a trazer mais e mais pessoas à nossa cidade”, pontuou a secretária municipal de Turismo de Maragogi, Mariana Gorenstein.

Ela estima que cerca de quatro mil pessoas participem desta edição do Festival da Lagosta de Maragogi, frequentando a Arena Gastronômica e os 14 restaurantes que participam do evento.

Para o diretor técnico do Sebrae Alagoas, Ronaldo de Moraes, a

Sushi de lagosta
Hot holl lagosta da Temakeria Costa dos Corais

organização do destino por meio do associativismo facilita as ações de apoio do órgão que promove o desenvolvimento.

“O Sebrae está aqui em Maragogi apoiando a atividade turística e hoteleira desde 1999. A gente vê com muito bons olhos todo o desenvolvimento que houve aqui, de toda a qualificação, da atração de investimentos, do fluxo de turistas muito grande. Isso acontece porque aqui tem pessoas que fazem a diferença. Os empresários se uniram, criaram uma associação que se transformou no convention, isso traz um diferencial. Esse evento não aconteceria sem essa organização”, considerou Moraes.

 

O chef Guga Gomes apresenta o Sushifonia
O chef Guga Gomes apresenta o Sushifonia

Mais informações:

www.festivaldalagosta.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *