TJ vai realizar concurso público para 300 vagas

Loureiro se reúne com juízes de 13 Comarcas em Maragogi (Foto: Carlos Rosa)
Loureiro se reúne com juízes de 13 Comarcas em Maragogi (Foto: Carlos Rosa)

O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) vai lançar, dentro de 90 dias, edital para a realização de concurso público destinado ao preenchimento de 300 vagas nos três níveis de formação.

Foi o que revelou o corregedor-geral da Justiça de Alagoas, desembargador Klever Rêgo Loureiro, antes da abertura da reunião, na manhã desta quarta-feira (25), com os juízes de 13 Comarcas da região Norte e da Zona da Mata alagoana. O encontro acontece no Auditório do Fórum Tabelião Melchides Lindoso, em Maragogi.

Ao assumir a Corregedoria no dia 5 de janeiro, Loureiro tratou de dividir o Estado em polos e iniciou uma série de reuniões com os magistrados com objetivo de tratar do novo modelo de gestão do órgão e ouvir as sugestões dos juízes para o cumprimento das metas do biênio 2015-2016 e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), otimizando, assim, a prestação jurisdicional.

Nesses encontros, a principal queixa apresentada pelos magistrados de primeiro grau foi justamente a carência de servidores.

“Reconhecemos que o Poder Judiciário encontra-se, no momento, com poucos servidores para dar fluxo aos processos que existem, uma vez que o último concurso se deu há mais de dez anos. Nesse período, muitos servidores foram se aposentando, outros passando em concursos públicos em seus Estados de origem e, consequentemente, foram surgindo essas vagas”, observou o desembargador.

De acordo com ele, dentro de 90 dias o edital deve ser publicado. “Já estamos na fase de licitação da empresa que vai fazer esse concurso e a previsão inicial é de 300 vagas com salários razoáveis, principalmente para esses jovens que estão iniciando a carreira”, acrescentou Loureiro.

5 thoughts on “TJ vai realizar concurso público para 300 vagas

  1. PEÇO AO PRESIDENTE DO TJ QUE ANTES DE REALIZAR ESTE NOVO CERTAME NOMEIE O CADASTRO DE RESERVA PARA O CARGO DE AUXILIAR JUDICIÁRIO DO ÚLTIMO CONCURSO QUE É COMPOSTO DE APENAS 30 PESSOAS QUE JÁ PASSARAM EM TODOS EXAMES E INVESTIGAÇÕES. TODOS APTOS A CONTRIBUIR PARA O CRESCIMENTO E MELHORAMENTO DO PODER JUDICIÁRIO

  2. É lamentável a postura que o Tribunal vem tendo em relação aos aprovados do concurso de 2012, que continuam a ver navios. Fazemos concurso já sabendo que seremos preteridos por cedidos, terceirizados e comissionados. Nepotismo cruzado: a gente vê por aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *