Após crimes, Segurança Pública faz operação e prende suspeitos em São Luís

Policiais revistam passageiros de van do transporte complementar (Foto: Severino Carvalho)
Policiais revistam passageiros de van do transporte complementar (Foto: Severino Carvalho)

Atualização às 15h40

Pelo menos sete pessoas foram presas durante uma operação deflagrada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), na manhã desta terça-feira (23), em São Luís do Quitunde, na região Norte do Estado. Mais de cem policiais civis e militares estão mobilizados. Todas as entradas e saídas da cidade foram fechadas. Os veículos são abordados e os ocupantes, revistados.

A operação policial é uma resposta da SSP à onda de violência que atinge São Luís do Quitunde. O município registra sete crimes de homicídio em 2016, sendo dois durante o carnaval e cinco somente nos últimos dez dias. Assaltos e o tráfico de drogas também atormentam a população.

Foram presos: Jayan Késio da Silva, o “Cara da Peste”, Atamilo Amaro da Silva, o “Playboy”, e Andres Santos da Silva. A polícia apreendeu outros dois adolescentes de 16 e 17 anos. Com o grupo criminoso, os policiais apreenderam dois revólveres dos calibres 38 e 32; vinte e uma munições de 38 e cinco de 32, além de 70 bombinhas de maconha.

Eles foram atuados em flagrante por tráfico de entorpecentes, porte ilegal de arma de fogo e cárcere privado. É que na fuga, após o cerco policial, eles invadiram uma residência e mantiveram a dona da casa como refém.

Segundo a polícia, Playboy e Cara da Peste são apontados como autores do assassinato de Paulo Sérgio da Silva, de 26 anos. o “Serginho”, crime ocorrido na noite dessa segunda-feira (22). Em desfavor dos dois – acusados de homicídio – havia mandados de prisão em aberto.

Policiais conduzem "Cara da Peste" à delegacia, após prisão
Policiais conduzem “Cara da Peste” à delegacia, após prisão

‘Playboy’ estava com a chave da motocicleta Honda Bross, de placa ORF-0733AL, que foi tomada em assalto em Matriz de Camaragibe e, de acordo com testemunhas, foi usada pelos bandidos em fuga após o crime dessa segunda-feira.

Foram apreendidas ainda três motocicletas, inclusive a que foi usada no crime dessa segunda. Numa outra parte da cidade, um comerciante foi preso e autuado por posse ilegal de munição do calibre 38. Uma sétima pessoa foi detida para averiguação e liberada logo depois.

A operação conta com policiais civis da Asfixia, do Tigre, da 8ª Delegacia Regional de Polícia Civil (8ª DRPC) e distrital de São Luís. Os militares envolvidos na ação fazem parte do Batalhão de Operações Especiais (Bope), do 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM) e do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv). O helicóptero da SSP dá suporte à operação.

Outro crime

Na noite dessa segunda-feira, Paulo Sérgio da Silva, de 26 anos (Serginho), foi morto a tiros às 19h30, no “Beco do Miguel”, Alto do Redentor, região dominada pelo tráfico de entorpecentes.

Nesta manhã de terça-feira, o primo de Sérgio, que se chama Samuel Francelino da Silva, também foi morto a tiros. O crime aconteceu no assentamento Riachão e foi cometido por dois homens armados. A vítima ainda teve a moto roubada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *