IMA vai notificar farmácias e secretarias de saúde de 4 municípios

Inspecao
Técnicos do IMA estiveram no local e constaram o descarte irregular de medicamentos em remanescente de Mata Atlântica (Foto: Severino Carvalho)

O Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA) vai notificar, a partir desta sexta-feira (19), todas as farmácias e secretarias municipais de saúde de quatro municípios da região Norte do Estado para que apresentem, no prazo de cinco dias, o manifesto de recolhimento de medicamentos vencidos. O procedimento tem como objetivo tentar identificar de onde partiu o descarte irregular de fármacos vencidos dentro de um remanescente de Mata Atlântica na zona rural de Porto de Pedras.

O caso foi denunciado na edição de quarta-feira (17) da Gazeta de Alagoas, em reportagem exclusiva produzida pela Sucursal Maragogi. No mesmo dia, técnicos da Diretoria de Monitoramento e Fiscalização (DIMF) do IMA estiveram no local indicado e constataram o fato.

“Intimaremos as secretarias municipais de Saúde de Matriz do Camaragibe, Porto de Pedras, Porto Calvo e São Miguel dos Milagres, bem como as farmácias desses municípios, para que apresentem o manifesto de recolhimento de remédios vencidos. Em cima disso, vamos tentar descobrir qual é o município que está fazendo esse descarte inadequado”, explicou o diretor de Monitoramento e Fiscalização do IMA, Carlos Eduardo Godoy, em entrevista à Gazeta de Alagoas, edição desta quinta-feira (18).

De acordo com ele, apesar de o descarte irregular de medicamentos vencidos ter ocorrido na zona rural de Porto de Pedras, a área em questão faz limite com os outros três municípios, por isso a necessidade de se notificar todas as secretarias e farmácias existentes nas quatro cidades.

“Descobrindo a origem, poderemos autuar os infratores por descarte inadequado de medicamentos. Esse material precisa ser recolhido por uma empresa que seja licenciada pelo IMA para que realize a destinação adequada, no caso, a incineração”, detalhou Godoy.

Ele esteve no local acompanhado do técnico da DIMF, Hildiberto Barbosa e do sargento do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), José Neves da Silva. Na avaliação de Godoy, o risco à saúde pública é reduzido por se tratar de uma área de difícil acesso, onde os medicamentos foram jogados. Entretanto, o diretor salientou que os danos ao meio ambiente são gravíssimos.

“São drogas farmacêuticas com vários frascos quebrados e essas substâncias acabam contaminando o solo. Como é região de mata, provavelmente há nascentes aqui por perto que podem ser contaminadas”, constatou o diretor de Fiscalização. Durante a inspeção, uma cobra-coral serpenteava entre os medicamentos vencidos. O animal desapareceu na vegetação.

Dentre os fármacos encontrados na mata estão: Malena (Maleato de Enalapril mais Hidroclorazida), Fenitoína Sódica,  Ampicilina e Amoxilina, além de seringas e embalagens de soro fisiológico e até de carrapaticida.

Todos os secretários municipais das quatro cidades que serão notificadas pelo IMA negaram o descarte irregular de medicamentos vencidos. De acordo eles, os municípios citados possuem convênio com uma empresa licenciada com a finalidade de destinar adequadamente o lixo hospitalar e os medicamentos que, porventura, vençam.

One thought on “IMA vai notificar farmácias e secretarias de saúde de 4 municípios

  1. O IMA deveria olhar o LIXÃO que Porto Calvo está colocando na Mata Atlântica entre Porto Calvo e Japaratinga, da estrada da para ver o número de Lixo e Urubus no local. Não sei como até hoje ninguém foi MULTADO!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *