Acesso a Campestre está tomado pelos buracos

Buracos se espalham pelo pequeno trecho de rodovia estadual (Foto: Severino Carvalho)
Buracos se espalham pelo pequeno trecho de rodovia estadual no acesso a Campestre (Foto: Severino Carvalho)

O pequeno trecho da AL-201, com menos de dez quilômetros de extensão, que dá acesso ao município de Campestre, a 120 km de Maceió, na região Norte do Estado, está tomado pelos buracos. O desgaste do piso asfáltico aumenta com as chuvas de verão e a falta de manutenção da via, reconstruída em 2005 pelo governo do Estado.

A situação favorece a ocorrência de acidentes de trânsito e de assaltos. Os motoristas precisam reduzir a velocidade dos veículos e ziguezaguear pela pista para driblar os buracos e a lama, que também se espalha sobre o piso asfáltico.

Os trechos mais críticos ficam entre as fazendas Amapá e Aquidabã. As tempestades de verão, características desta época do ano, colaboram com o aparecimento de mais buracos. A AL-201 liga o Centro da cidade de Campestre à rodovia federal BR-101.

Consultado, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que equipes do órgão estadual, que já se encontram na região realizando os reparos no acesso ao município de Jundiá, serão deslocadas a Campestre.

Ainda de acordo com o DER, os reparos não foram iniciados por conta do mau tempo. A chuva impede que se aplique o revestimento asfáltico nos trechos afetados, argumentou o órgão. Tão logo as condições climáticas melhorem, o Departamento promete iniciar os serviços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *