Professora é assassinada a tiros em Matriz

Professora foi morta enquanto aguardava a van que a levaria ao trabalho (Foto: Severino Carvalho)
Professora foi morta enquanto aguardava a van que a levaria ao trabalho (Foto: Severino Carvalho)

A professora Sandra Maria da Silva Lopes, 36 anos, foi morta a tiros, às 6h17 desta quarta-feira (23), na Rua Governador Luiz Cavalcante, antiga “Rua do Coqueiro”, centro de Matriz de Camaragibe, região Norte do Estado. Pós-graduada em Pedagogia, ela aguardava a van que a levaria a São Luís do Quitunde, onde ensinava na rede municipal, quando foi assassinada.

De acordo com a Polícia Civil, um homem não identificado se aproximou da vítima e efetuou os disparos, provavelmente de revólver, uma vez que nenhuma cápsula foi encontrada no local do crime. Uma câmera do sistema de monitoramento da prefeitura pode ter registrado as cenas do homicídio.

As imagens serão requisitadas pelo delegado Ailton Soares Prazeres, que instaurou inquérito policial para apurar o crime. Sandra Maria era casada e mãe de dois filhos.

“Não sei como uma coisa dessas pôde ter acontecido: uma mulher formada, com tantos sonhos pela frente e morrer desta forma”, lamentava o marido da vítima, o trabalhador rural José Carlos da Cruz, 45.

Além de professora em São Luís do Quitunde, Sandra Maria era coordenadora de ensino em Porto de Pedras, onde trabalhava na rede municipal.

3 thoughts on “Professora é assassinada a tiros em Matriz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *