Dois feridos em acidente com moto permanecem internados

Vítimas foram socorridas no Hospital Municipal de Porto Calvo e levadas ao HGE (Foto: Severino Carvalho)
Vítimas foram socorridas no Hospital Municipal de Porto Calvo e levadas ao HGE (Foto: Severino Carvalho)

Duas das cinco pessoas feridas no acidente provocado por uma motocicleta em Porto Calvo, na quarta-feira (20), permanecem internadas no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió. Segundo a assessoria de imprensa do HGE, Marcielle Carla da Silva, 17, encontra-se na Unidade de Terapia Intensa (UTI).

Ela sofreu politraumatismo e passou por uma tomografia. O estado de saúde da paciente é considerado grave. Apontado como causador da tragédia, o condutor da moto, José Nailton da Silva, 22 anos, passou, esta manhã, por cirurgia neurológica e permanecia na área de recuperação do Centro Cirúrgico.

Manoele Clévia Soares dos Santos, 14; Genilza Maria da Silva, 17; e Bárbara Lorrayne Lins da Silva, 14, sofreram contusões e escoriações. Elas foram atendidas e já receberam alta médica.

O acidente provocou a morte de Rafaella Soares da Silva, 16, que era irmã de Marcielle. As estudantes tinham largado da Escola Estadual Nossa Senhora da Apresentação e voltavam para casa, quando foram atropeladas na calçada pela moto conduzida por Nailton.

Segundo a Polícia Civil, ele teria perdido o controle da motocicleta ao passar em alta velocidade por um quebra-molas na Rua do Varadouro 1. Antes de atropelar as vítimas, a moto atingiu de raspão a traseira de um veículo.

Segundo o delegado municipal, Rubens Cerqueira, Nailton foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio doloso e deve ser preso logo após receber alta médica. Segundo o delegado, trata-se de dolo eventual, quando o individuo não deseja cometer determinado ato, mas assume o risco pela conduta adotada.

Testemunhas chegaram a afirmar que Nailton teria empinado a moto, provocando o acidente, o que revoltou os moradores. Eles cobram medidas da prefeitura e da Polícia Militar no sentido de ordenar o trânsito na cidade, além de coibir infrações. Há denúncias de adolescentes e pessoas inabilitadas conduzindo veículos automotores livremente em Porto Calvo.

O sepultamento de Rafaella Soares está previsto para as 16 horas desta quinta-feira (21), no Cemitério Municipal Santa Luzia, após velório que acontece na Rua do Sol, sem número, centro de Porto Calvo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *