Vigilante desaparecido é encontrado morto

Corpo foi encontrado em canavial (Foto: cortesia)
Corpo foi encontrado em canavial (Foto: cortesia)

O vigilante Cícero José da Silva, 54 anos, mais conhecido como “Cícero Pretinho”, foi encontrado morto, por volta das 15 horas desta quinta-feira (19), dentro de um canavial, na zona rural de Jundiá, região Norte de Alagoas.

Cícero Pretinho estava desaparecido havia três dias. Populares encontraram o corpo dele em meio ao canavial, na localidade conhecida como Engenho Promontório, a cerca de cinco quilômetros da cidade.

Segundo o sargento da Polícia Militar (PM) Wanderley, o corpo apresentava sinais de violência. Havia um corte profundo e extenso no pescoço da vítima, que por pouco não foi degolada. O cadáver está em avançado estado de decomposição.

Cícero trabalhava como vigilante de um posto de saúde, localizado no conjunto residencial Maria de Lurdes Rufino, construído pelo governo do Estado para as vítimas da enchente de 2010, em Jundiá. Familiares e amigos o procuravam desde a última terça-feira, quando desapareceu.

Os institutos de Criminalística (IC) e de Medicina Legal (IML) foram acionados. O delegado regional, Antônio Nunes Cabral, deve instaurar inquérito policial para apurar o caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *