Três são baleados no Alto da Boa Vista em Maragogi

Policiais do 6° BPM escoltaram ambulâncias e reforçaram segurança na Unidade Mista (Foto: Severino Carvalho)
Policiais do 6° BPM escoltaram ambulâncias e reforçaram segurança na Unidade Mista (Foto: Severino Carvalho)

Três pessoas, dentre elas um adolescente de 17 anos de idade, foram atingidas por disparos de arma de fogo por volta das 22h30 de terça-feira (22), no Alto da Boa Vista, em Maragogi, Litoral Norte de Alagoas. Um homem não-identificado abriu fogo contra um grupo de seis pessoas que conversavam em frente a uma residência. O autor dos disparos fugiu.

Em estado mais grave, o adolescente foi atingido com dois tiros nas pernas e um no pescoço. Thiago Wanderson Bezerra, 23, sofreu ferimento à bala na altura do ombro e Valmir da Silva, 37, na coxa esquerda. O projétil transfixou o membro. As vítimas foram socorridas por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros.

Elas receberam os primeiros cuidados médicos na Unidade Mista de Saúde de Maragogi e foram transferidas ao Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió. O subcomandante do 6° Batalhão de Polícia Militar (6° BPM), major Marco Aurélio Costa, esteve no local e conversou com duas das vítimas e testemunhas. Ele acredita que o atentado foi motivado pela disputa por pontos de venda de drogas ilícitas.

O Alto da Boa Vista, a exemplo da comunidade do Risca Faca (Conjunto Deda Paes), está dominado pelos traficantes. Para subir o morro, as ambulâncias do Samu e do Corpo de Bombeiros tiveram de ser escoltadas pela Polícia Militar (PM). Equipes do 6° BPM reforçaram ainda a segurança na Unidade Mista de Maragogi, para evitar uma possível invasão criminosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *