Agricultor é assassinado em São Luís do Quitunde

PCO trabalhador rural João Benedito da Silva, idade não informada, foi morto com um tiro de revólver às 7 horas de domingo (01) na Fazenda Bananal, zona rural de São Luís do Quitunde, município da região Norte de Alagoas, a 65 km de Maceió.

De acordo com o delegado regional, Belmiro Cavalcante, o autor do disparo fatal que atingiu a cabeça da vítima foi identificado apenas pelo apelido de “Boi Branco”. Ainda segundo o delegado, ele é envolvido com outros delitos, acusado, por exemplo, de cometer assaltos nas zonas rurais de São Luís do Quitunde e de Joaquim Gomes.

Boi Branco fugiu logo após o crime e está sendo procurado pelas polícias Civil e Militar dos dois municípios. “Recebemos informação de que Boi Branco havia jurado outra pessoa de morte na Fazenda Bananal”, revelou o delegado.

O agente de Polícia Civil, Bartolomeu Lins, contou que Boi Branco procurou a vítima e a convidou para uma bebedeira e, em meio à farra, a assassinou. “Ele já foi beber com o João Benedito com a intenção de matá-lo”, acredita Lins.

A Fazenda Bananal é de difícil acesso. Fica localizada em São Luís do Quitunde, mas já nas proximidades do limite com o município de Joaquim Gomes. Os policiais só conseguiram chegar ao local às 10 horas. O corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Maceió.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *