Presos fogem de 8ª Delegacia Regional

Presos utilizaram "tereza" para atingir o telhado da carceragem
Presos utilizaram “tereza” para atingir o telhado da carceragem

Cinco detentos da Delegacia Regional de Matriz de Camaragibe fugiram no madrugada desta terça-feira (10). Segundo informações colhidas com o Delegado Belmiro Cavalcante, os homens teriam forçado passagem pelas grades superiores da carceragem e utilizado cabos de vassoura e uma espécie de corda feita com lençóis e roupas, conhecida pela polícia como “tereza” para alcançar o telhado e fugir.

Os foragidos foram identificados como sendo Fernando José da Silva, Adonis Lino Silva e José Elinaldo da Silva, ambos de São Luiz do Quitunde; Edvaldo da Silva Freitas, de Japaratinga; e José Francis da Silva, de Matriz de Camaragibe. Segundo informações colhidas com a Polícia Civil, dois deles foram presos tráfico de drogas, um por furto e os outros dois através de mandado.

O delegado Belmiro explicou que as inspeções dentro das celas são realizadas a cada dois dias para identificar possíveis planos de fuga, através de buracos no chão e paredes, ou com a confecção das “terezas”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *