Polícia Civil identifica corpos encontrados na zona rural de Maragogi

Corpos foram encontrados na tarde desta segunda-feira, 17 (Fotos: PC)
Corpos foram encontrados na tarde de segunda-feira, 17 (Fotos: PC)

A delegacia de Polícia Civil identificou, nesta quarta-feira (18), os corpos dos dois homens encontrados no dia anterior no Engenho Cachoeira, zona rural de Maragogi, Litoral Norte do Estado. As vítimas são: Adriel José da Silva, 23 anos, e Roberto dos Santos Alves, 22, ambos moradores de Japaratinga, cidade vizinha.

O delegado de Maragogi, Ayrton Soares Prazeres, ouviu, nesta manhã, o depoimento de uma testemunha e de dois declarantes. De acordo com os relatos, Adriel e Roberto saíram de suas casas, em Japaratinga, por volta das 7 horas de terça-feira (17) para pegar jaca em um sítio –  localidade ainda não informada – quando desapareceram.

Eles estavam em uma motocicleta Suzuki, rosa, placa não informada, pertencente a Roberto. O veículo ainda não foi encontrado. Apesar desta evidência, o delegado praticamente descartou o crime de latrocínio (matar para roubar). A moto era antiga.

“Foi execução, não tenho dúvidas, mas por outro motivo, que ainda estamos investigando”, disse Ayrton Soares.

Peritos do Instituto de Criminalística (IC) recolheram cápsulas deflagradas do calibre ponto quarenta próximas aos corpos das vítimas, mortas com tiros na cabeça e nuca. Os cadáveres foram encontrados com os braços amarrados.

O Instituto Médico Legal (IML) de Maceió recolheu os corpos ainda na terça-feira. Nesta quarta, os familiares das vítimas se deslocaram à capital alagoana para liberá-los com vistas ao sepultamento, que deve ocorrer em Japaratinga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *