MST ocupa prefeitura de Joaquim Gomes

Ocupação é feita por integrantes do MST (Imagem ilustrativa / internet)
Ocupação é feita por integrantes do MST (Imagem ilustrativa / internet)

Atualizado às 9h55

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocuparam, na manhã desta segunda-feira, a sede da prefeitura municipal de Joaquim Gomes, na região Norte do Estado. Com uma pauta extensa, o grupo reivindica melhorias estruturais para quatro assentamentos da reforma agrária naquele município, localizado a 50 km de Maceió.

Dentre as reivindicações apresentadas estão: melhoria das estradas de acesso aos núcleos rurais, distribuição de sementes, iluminação pública, transporte escolar, escolas e atendimento médico. Os sem-terra esperam ser atendidos por representantes da Secretaria Municipal de Agricultura e pelo prefeito Antônio de Araújo Barros.

No interior do prédio-sede, os sem-terra montaram uma cozinha para o preparo de alimentos distribuídos aos manifestantes. Por causa da invasão, o expediente na prefeitura foi suspenso.

De acordo com a 2ª Companhia de Polícia Militar (2ª Cia) não houve depredação do patrimônio público. Os manifestantes deixaram a sede da prefeitura por volta das 21 horas, após longa negociação com os representantes do poder público municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *