Motorista acidentado em Porto Calvo morre no HGE

Caminhão passou por sobre laje de uma casa e atingiu o solo (Divulgação)
Caminhão passou por sobre a laje de uma casa e atingiu o solo (Divulgação)

O motorista Givanildo Santos de Oliveira, 57 anos, morreu, às 14 horas desta quarta-feira (16), no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió. Ele estava internado desde o dia 1º de julho na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) depois de sofrer um acidente de trânsito em Porto Calvo, região Norte do Estado.

“Giva”, como era conhecido, perdeu o controle de um caminhão Volkswagen. Desgovernado, o veículo desceu a ladeira da Rua Sebastião Firmino, também conhecida como “Rua Nova”. Num percurso de aproximadamente 200 metros, atingiu e arrastou um veículo Gol, que ficou destruído.

O caminhão passou, ainda, por sobre a laje de uma residência. A cabine caiu de uma altura aproximada de cinco metros e atingiu violentamente o solo. A carroceria ficou pendurada.

“Segundo informações, a cabine do caminhão destravou e dobrou para frente com o carro em movimento, o que certamente provocou o acidente. Não foi falta de freio”, esclareceu Luiz Buarque, parente da vítima.

Apenas Giva feriu-se no acidente. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e conduzido de ambulância ao HGE, em Maceió, onde permanecia internado na UTI desde o dia 1º deste mês.

Na tarde desta quarta-feira, Giva teve paralisação dos rins, o que provocou o comprometimento dos demais órgãos, ocasionando a morte do paciente. Segundo familiares, o sepultamento ocorre na tarde desta quinta-feira (17), no Cemitério Santa Luzia, em Porto Calvo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *