2 são detidos por crime eleitoral de boca de urna

Material apreendido foi encaminhado pela PM à delegacia regional (Foto: Severino Carvalho)
Material apreendido foi encaminhado pela PM à Delegacia Regional (Foto: Severino Carvalho)

Duas pessoas foram detidas, na tarde deste domingo (05), em Matriz do Camaragibe, acusadas de fazer propaganda de boca de urna. As prisões foram efetuadas pelo 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM) e os Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) elaborados pelo delegado regional, Belmiro Cavalcante.

A auxiliar administrativa Maria José dos Santos, 44 anos, foi detida, às 16h15, nas imediações da Escola Muniz Falcão, local de votação. Ela portava diversos santinhos e adesivos de candidatos a deputado estadual e ao governo do Estado.

O material foi apreendido e encaminhado à 8ª Delegacia Regional de Polícia Civil (8ª DRPC). Mais cedo, por volta das 15h30, o mecânico Marcelo de Souza Alves, 30 anos, também foi detido por uma guarnição do 6º BPM.

Ele foi flagrado atirando santinhos de um candidato a deputado estadual pela janela do carro no pátio do Mercado Municipal. Após a lavratura dos TCOs por crime eleitoral de propaganda de boca de urna, os acusados foram liberados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *