Atropelamento deixa 3 pessoas feridas e uma morta

Atualização às 16h30

Policiais militares efetuaram a prisão do acusado em Passo do Camaragibe (Foto / arquivo: Gazeta de Alagoas)
Policiais militares efetuaram a prisão do acusado em Passo do Camaragibe (Foto / arquivo: Gazeta de Alagoas)

O delegado de Polícia Civil, José Levino de Oliveira, atuou em flagrante, na manhã desta sexta-feira, pelo crime de embriaguez ao volante com morte, o aposentado Waider Lins da Silva, 42 anos.

Ele foi preso, no final da tarde de quinta-feira (06), por policiais militares do posto rodoviário após atropelar quatro pessoas na AL-435, em Passo do Camaragibe, Litoral Norte de Alagoas.

Três das vítimas sofreram ferimentos leves. Marineide Petrúcia dos Santos, 43 anos, não teve a mesma sorte. Ela foi atingida em cheio pelo veículo Fiesta Sedam de cor preta, placa NLY-8459/AL, conduzido pelo aposentado. O carro rodou na pista e colheu os pedestres no acostamento.

“O acusado confessou em depoimento que ingeriu bebida alcoólica na Barra do Camaragibe”, revelou o delegado. Marineide morava no bairro Jagatá, periferia de Passo do Camaragibe. Ela completaria 44 anos no próximo dia 18.

Segundo o delegado, todas as vítimas eram da mesma família.  O acidente aconteceu na rodovia estadual nas proximidades da Fazenda Bernardo Gomes. Já o acusado reside em Maceió. Após o acidente, ele foi detido e encaminhado à delegacia, onde foi autuado em flagrante. Até a manhã desta sexta-feira, Waider Lins permanecia preso.

Ainda de acordo com Levino, ele é aposentado por invalidez após ter sofrido um acidente de moto. Por volta das 13h30, Waider Lins foi liberado após pagar fiança de dez salários mínimos, relatou o delegado. Levino havia informado à Gazetaweb, pela manhã, que Lins também seria autuado por homicídio culposo (sem a intenção de matar), mas retificou o enquadramento para o crime de “embriaguez ao volante com morte”.

Outra informação retificada tem a ver com o nome do acusado que inicialmente foi identificado pelo 6° Batalhão de Polícia Militar (6°BPM) como sendo Weiber mas que, na verdade, se chama Waider, segundo a Polícia Civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *