Taxistas da Região Norte fazem piquetes nas rodovias

Em Matriz, trânsito foi deixado em meia pista (Foto: Severino Carvalho)
Em Matriz, trânsito foi deixado em meia pista (Foto: Severino Carvalho)

Associações de taxistas da região Norte de Alagoas montaram uma espécie de piquete nas entradas e saídas dos municípios para impedir a circulação de vans e ônibus licenciados pela Agência Reguladora de Serviços do Estado de Alagoas (Arsal) entre as cidades do interior e Maceió. Obrigados a transportar os mesmos passageiros nas viagens de ida e volta à capital, os taxistas alegam que 8.400 profissionais acumulam prejuízos financeiros em Alagoas em decorrência da proibição, das multas impostas e das apreensões promovidas pela Arsal.

“Estamos aqui para não deixar as vans rodarem. Elas dão prejuízo a gente, através da Arsal, e a gente dá prejuízos para eles também. Enquanto a nossa situação não for resolvida, não roda ninguém”, bradou o taxista Amaro Moraes, de São Luís do Quitunde, onde foram montadas duas barricadas.

Os piquetes foram erguidos também em Paripueira e Barra de Santo Antônio, na AL-101 Norte. Em Matriz do Camaragibe, se concentraram os taxistas deste município e das cidades de Porto Calvo, Japaratinga e Maragogi.

Segundo o presidente da Associação dos Taxistas de Matriz do Camaragibe (Astamac), Adriano Mendonça, além da proibição de circular com os passageiros que desejar, os profissionais estão sendo acossados pela fiscalização da Arsal, que nos últimos dois meses intensificou as ações de repressão, aplicando multas que chegam a R$ 2 mil. Diversos veículos também foram apreendidos.

Em Matriz, os taxistas montaram uma barraca onde pretendem passar todo o dia. Eles prometem retomar as manifestações nesta sexta-feira.  “Vamos permanecer na pista até que alguém do governo venha dialogar conosco e a Justiça defina a nossa situação”, afirmou o presidente da Astamac.

O tráfego de veículos na AL-105 ficou em meia pista para que os taxistas possam identificar melhor as vans e ônibus cadastrados pela Arsal. Esses veículos possuem licença da Agência para circular livremente fazendo o serviço de transporte complementar de passageiros entre Maceió e as cidades do interior do Estado. Os demais veículos têm permissão para seguir viagem, inclusive ônibus intermunicipais e interestaduais.

4 thoughts on “Taxistas da Região Norte fazem piquetes nas rodovias

  1. Sou usuário do transporte de vans e micro-ônibus e posso dizer que é muito ruim o serviço. A ARSAL não faz nada, ela é cúmplice de todas as irregularidades.

  2. INFELIZMENTE, O PAI DE FAMÍLIA SOFRE, TANTO O TAXISTA, COMO OS QUE PRECISAM VIAJAR, É VERGONHOSO O QUE O GOVERNO FAZ COM O POVO, ESSA ARSAL NÃO SERVE DE NADA, SÓ SERVE PARA COMER BOLA E ATRAPALHAR A VIDA DOS TAXISTAS E VANS, SOU A FAVOR DA EXTINÇÃO DESTE ÓRGÃO QUE NADA FAZ A NÃO SER PREJUDICAR O POVO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *