Segurados do INSS têm cartão clonado em Maragogi

Dona Celina, 97 anos, teve o cartão clonado e foi à delegacia prestar fazer o boletim de ocorrência (Foto: Severino Carvalho)
Dona Celina, 97 anos, teve o cartão clonado e foi à delegacia fazer o boletim de ocorrência (Foto: Severino Carvalho)

Ao menos cinco segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) tiveram seus cartões magnéticos clonados na agência do Banco do Brasil (BB) de Maragogi e foram vítimas de saques indevidos. Eles estiveram, na manhã desta terça-feira, na delegacia municipal, onde foram elaborados os boletins de ocorrência.

O delegado municipal, Thiago Prado, instaurou inquérito policial para apurar a fraude. “Provavelmente, criminosos instalaram equipamentos que capturam os dados do cartão magnético, conhecidos como chupa-cabras, nas máquinas de auto-atendimento e os saques foram efetuados. Vamos entrar em contato com a agência bancária e requisitar informações para saber onde foram feitos tais saques e assim tentar chegar à autoria do crime”, afirmou Prado.

Dona Celina dos Santos, 97 anos, foi uma das vítimas. A filha dela, Maria do Carmo, foi realizar o saque de R$ 530, hoje de manhã, e percebeu que não havia saldo. “A conta tava zerada e o moço do banco me orientou a procurar a delegacia para fazer o boletim de ocorrência”, revelou ela.

Segundo a Polícia Civil, constatado que os cartões foram de fato clonados, as vítimas devem ser ressarcidas do prejuízo pela instituição bancária em virtude dos saques indevidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *