Secretário nega descarte irregular de fármacos

Medicamentos foram descartados em remanescente de Mata Atlântica (Foto: Severino Carvalho)
Medicamentos foram descartados em remanescente de Mata Atlântica (Foto: Severino Carvalho)

O secretário de Saúde de Porto de Pedras, Eduardo Bianor, esclareceu que o município faz o descarte adequado do lixo hospitalar e de medicamentos que, porventura, tenham o prazo de validade vencido. Ele negou, portanto, que a secretaria seja responsável pelo despejo irregular de fármacos vencidos dentro de um remanescente de Mata Atlântica na zona rural deste município.

O descarte inadequado foi denunciado pela Gazeta de Alagoas, edição desta quarta-feira (17). O crime ambiental, que também põe em risco a saúde pública, acontece na zona rural de Porto de Pedras, no Litoral Norte do Estado. A reportagem, porém, não apontou nenhum órgão municipal ou empresa privada como autor ou responsável pelo descarte inadequado.

Apesar disso, Eduardo Bianor fez questão de negar qualquer envolvimento da Secretaria Municipal de Saúde de Porto de Pedras com o caso noticiado, ressaltando que a destinação adequada do material é feita por empresa contrata pela prefeitura e licenciada pelo Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA).

“Em nosso município é muito difícil um medicamento chegar a vencer porque a rotatividade é muito grande, principalmente aqueles de uso contínuo, cuja procura é ainda maior. Só compramos a quantidade necessária para o uso mensal e renovamos o estoque”, declarou o secretário de Saúde de Porto de Pedras.

Ele lembrou, ainda, que a área onde os medicamentos foram encontrados faz divisa com os municípios de Porto Calvo e Matriz do Camaragibe. Ouvidas nesta quarta-feira, as secretarias de Saúde destas cidades também negaram qualquer relação com o descarte irregular dos medicamentos vencidos na zona rural de Porto de Pedras. Informaram que a destinação adequada também é feita por empresa especializada e licenciada pelo IMA.

One thought on “Secretário nega descarte irregular de fármacos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *