Reunião debate diagnóstico de resíduos sólidos

3001 Lixao Porto Calvo AL-465 SC 07
Cena do lixão de Porto Calvo, à margem da AL-465 (Foto: Severino Carvalho)

Representantes de 15 municípios da região Norte de Alagoas debatem, na manhã desta quarta-feira, durante reunião pública, no hotel Praia Dourada, em Maragogi, a validação do diagnóstico de resíduos sólidos. O evento encerra a série de encontros iniciada no dia 22 de abril quando foi realizada a reunião pública da região Sul, em Boca da Mata. O objetivo é elaborar o Panorama de Resíduos Sólidos do Estado de Alagoas.

Participam da reunião em Maragogi, além do município sede, representantes de Japaratinga, Porto de Pedra, São Miguel dos Milagres, Passo de Camaragibe, São Luiz do Quitunde, Flexeiras, Joaquim Gomes, Matriz do Camaragibe, Porto Calvo, Jundiá, Novo Lino, Colônia Leopoldina, Campestre e Jacuípe.

Além dos técnicos municipais, a sociedade civil organizada (ONGs e entidades de meio ambiente), acadêmicos, catadores de materiais recicláveis foram convidados a participar do evento. O diagnóstico de Resíduos Sólidos foi elaborado a partir de questionários respondidos pelos municípios, além de dados levantados pela empresa Floram Engenharia, responsável pela elaboração do Plano Estadual de Resíduos.

Sessenta e quatro municípios forneceram os dados primários, que junto às informações obtidas através de fontes oficiais e ao Plano Nacional de Resíduos Sólidos fornecem a base para a elaboração do Panorama de Resíduos Sólidos do Estado de Alagoas.

Os 15 municípios da região Norte de Alagoas se reuniram por meio de consórcio para tocar o projeto de construção de um aterro sanitário de uso comum em substituição aos lixões existentes, como exige a política nacional de resíduos sólidos. O prazo para o fim dos lixões termina em agosto próximo, mas é bem provável que as prefeituras não consigam cumprir com a determinação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *