O frevo de Pernambuco que toca Maragogi

Músicos de Brejo da Madre de Deus se apresentam em Maragogi: tradição de mais de 15 anos (Fotos: Severino Carvalho)
Músicos de Brejo da Madre de Deus se apresentam em Maragogi: tradição de mais de 15 anos (Fotos: Severino Carvalho)

Capiba já cantava: “Mas se me derem / Um bombo e uma mulata / E um trombone de prata / O frevo bom viverá”. E viveu, atravessou gerações. Em Maragogi, no Litoral Norte de Alagoas, a tradição musical é mantida há mais de 15 anos por duas orquestras da cidade de Brejo da Madre Deus, no Agreste de Pernambuco, Estado onde nasceu o frevo.

Contratadas pelo município, as orquestras Pau no Frevo e Brejo da Madre de Deus se revezam nas apresentações durante os sete dias de carnaval. Levam para a Avenida Senador Rui Palmeira, orla marítima, os acordes de um ritmo musical autenticamente nordestino, declarado Patrimônio Imaterial da Humanidade pela Unesco.

Seu Geraldo José Nogueira, 64 anos, é um dos 16 componentes da Pau no Frevo. O instrumento dele: o trombone.  “Meu irmão, se não me engano, são 17 anos com esse carnaval agora. A festa de Maragogi é beleza pura, gostosa, feita por gente amiga”, declarou o músico, antes do desfile. “A gente gosta daqui porque somos bem acolhidos”, completou.

Seu Geraldo: 17 carnavais puxando frevo em Maragogi
Seu Geraldo: 17 carnavais puxando frevo em Maragogi

Programação

O carnaval de Maragogi é eclético. A programação musical oferece uma variedade de ritmos. Neste domingo, os desfiles na orla marítima começam às 10 horas com o Bloco do Cuscuz. A concentração acontece na Praça da Melhor Idade. A folia também toma conta dos distritos. Em Peroba, desfila o bloco Peroba de Lei puxado pelo mini-trio e banda Pen-Drive.

Em São Bento, o bloco Pinto do Meio Dia arrasta os foliões que gostam do autêntico frevo, a partir das 10 horas, com concentração na Praça Areia do Pecado. Às 14 horas, o Bloco Grand Oca desfila na orla marítima puxado por trio e banda da cantora Cleide Rivas. Em Barra Grande, às 15 horas, concentração para o desfile do bloco Os Lagosteiros. É Nós no Frevo também sai às 15 horas, em São Bento.

Na orla marítima, às 17 horas, a orquestra Pau no Frevo anima os foliões presentes à Avenida Senador Rui Palmeira, seguida do bloco Só Vai Quem Chupa. Os desfiles serão encerrados pelo bloco Madeira de Lei, puxado pela banda Bora-Bora sobre trio-elétrico. No palco central, na Praça de Eventos, se apresentam as bandas Cannibal e Esquadrão de Bali.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *