Ministro da Educação inaugura campus do Ifal em Maragogi

Placa de inauguração é descerrada (Fotos: Severino Carvalho)

O ministro da Educação, Mendonça Filho, inaugurou, no início da tarde desta sexta-feira (17), as instalações do Campus Maragogi do Instituto Federal de Alagoas (Ifal). Acompanhado do governador Renan Filho (PMDB), ele reafirmou o compromisso de continuar apoiando o modelo de educação em tempo integral implantado em Alagoas e de fortalecimento e expansão da rede de educação técnica federal no Estado.

“A gente está tocando um programa muito importante de expansão da rede de educação técnica federal, ligada ao MEC, e aqui é um exemplo prático disso: a inauguração de mais uma unidade do Ifal, fronteira com Pernambuco. Nosso propósito é modernizar a educação pública do país. Temos uma ação concreta na área da educação em tempo integral, apoiando o Estado daqui para a oferta de 16 escolas com aporte financeiro do governo federal e, ao mesmo tempo, vamos – no calendário de um ano e meio – inaugurar outras unidades do Ifal em outros municípios alagoanos”, declarou o ministro, que é pernambucano.

Construção do Campus Maragogi começou em 2013 e custou R$ 12 milhões

Renan Filho falou que a meta do governo do Estado é instalar, até o fim do próximo ano, 50 escolas em tempo integral em Alagoas, 35 delas até dezembro de 2017, beneficiando mais de 15 mil alunos.

“Os 200 anos de Alagoas serão marcados pela cruzada, em que vamos transformar a educação, melhorar a qualidade, crescer no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) e vamos precisar muito do governo federal, porque, como todos os alagoanos sabem, e eu digo sempre, Alagoas é um Estado pobre. Os seus próprios recursos não conseguem superar todos os nossos problemas. Hoje é um dia muito simbólico e representativo, porque qualquer mudança verdadeira só vem pelas portas da educação”, afirmou Renan Filho.

A solenidade de inauguração aconteceu no Auditório Latif Daher, dentro da estrutura do Campus Ifal de Maragogi. Discursaram o diretor do Campus, Dácio Camerino; o reitor, Sérgio Teixeira; o prefeito municipal, Sérgio Lira (PP); o governador e o ministro Mendonça Filho. O senador Renan Calheiros (PMDB), o vice-governador, Luciano Barbosa e prefeitos da região, dentre outras autoridades, prestigiaram o evento.

A placa foi descerrada após os discursos e a comitiva visitou as instalações do Campus Maragogi.  O reitor do Ifal disse que o sentimento é de “missão cumprida”, apesar dos atrasos que sofreu a obra. A construção do novo campus teve início em maio de 2013.

Comitiva visitou as instalações do Ifal, dentre as quais o laboratório, onde o governador deu uma conferida no microscópio, sob o olhar do ministro e do senador Renan

“Com esse equipamento educacional, a gente pode ampliar as possibilidades de ofertas, inclusive de cursos superiores a partir de 2018. Em nosso calendário, vamos inaugurar as obras de Coruripe, que serão finalizadas em maio e inauguradas em junho. Retomamos, também, a obra em Arapiraca e vamos conclui-la possivelmente em dezembro”, afirmou Sérgio Teixeira.

O Campus Maragogi tem capacidade para receber até 1300 estudantes. São 12 salas, 4 laboratórios, quadra poliesportiva, um anfiteatro, biblioteca com dois pavimentos e auditório para 200 pessoas. O prédio foi erguido em terreno de 12 hectares cedido pelo Assentamento Nova Jerusalém, do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), à margem da AL-101 Norte, no distrito de Peroba. A obra custou cerca de R$ 12 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *