ICMBio autua donos de embarcações nas piscinas naturais de Ponta de Mangue

Atividade comercial em Ponta de Mangue não é permitida, mas é recorrente (Foto: ARQUIVO)

Fiscais do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) identificaram e autuaram, nesta quinta-feira (30), oito donos de embarcações que faziam irregularmente passeios turísticos às piscinas naturais de Ponta de Mangue, na costa de Maragogi, Litoral Norte de Alagoas. Somadas, as multas totalizam R$ 76 mil.

De acordo com o plano de manejo da Área de Proteção Ambiental (APA) Costa dos Corais, a atividade comercial não é permitida nas piscinas naturais de Ponta de Mangue. Em Maragogi, estão licenciados três locais de visitação turística: Galés, Taocas e Barra Grande.

Os infratores foram autuados por agir em desacordo com o plano de manejo da Unidade de Conservação (UC) federal: realizar passeio comercial de turistas à área não autorizada pelo ICMBio. Além das multas, eles tiveram a atividade embargada.

Por meio de denúncias, os fiscais realizaram ações nos dias 19 e 28 deste mês, quando flagraram 15 embarcações com indicação de autuação. Destas, oito foram localizadas e os donos, autuados nesta quinta-feira (30), informou o chefe da APA Costa dos Corais, Iran Normande. A irregularidade é recorrente em Ponta de Mangue. Em anos anteriores, o Instituto multou infratores.

One thought on “ICMBio autua donos de embarcações nas piscinas naturais de Ponta de Mangue

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *