Greve atinge agências bancárias em Maragogi

Clientes contam apenas com o serviço de autoatendimento (Foto: Severino Carvalho)
Clientes contam apenas com o serviço de autoatendimento (Foto: Severino Carvalho)

Das quatro agências bancárias existentes em Maragogi, no Litoral Norte de Alagoas, apenas uma, a do Bradesco, não aderiu à greve geral. As demais amanheceram, nesta terça-feira (30), com cartazes fixados na fachada que informam a paralização nacional de bancos públicos e privados.

Segundo o Sindicato dos Bancários de Alagoas (Sindbancários) a greve geral deve atingir 200 agências na capital e interior do Estado. Em Maragogi, paralisaram as atividades as agências do Banco do Brasil (BB), da Caixa Econômica Federal (CEF) e do Banco do Nordeste do Brasil (BNB).

“Até agora, não tive problema algum porque só precisei do caixa-eletrônico, que está funcionando normalmente, mas, para quem necessita de atendimento interno, fica complicado”, avaliou o garçom Flávio Fernando dos Santos, 31 anos, que esteve nesta manhã na agência do BB de Maragogi. Todos os serviços executados na sala de autoatendimento operam normalmente, inclusive para depósitos.

Os bancários cobram reajuste salarial de 12,5%, além do piso de R$ 2.979,25, mais participação nos lucros de três salários, acrescida de parcela adicional de R$ 6.247 e 14º salário. A categoria também pede aumento nos valores de benefícios como vale refeição, auxílio creche, gratificação de caixa, entre outros.

Além do aumento de salário e benefícios, os bancários pedem, ainda, melhores condições de trabalho com o fim de metas consideradas abusivas, combate ao assédio moral, igualdade de oportunidades, entre outras demandas. A greve geral foi decidida em assembleia realizada na quinta-feira da semana passada.

Os trabalhadores rejeitaram a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). As instituições financeiras elevaram o reajuste de 7% a 7,35% para os salários, enquanto o aumento no piso da categoria foi de 7,5% para 8%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *