DER promete quebra-molas em 15 dias para Peroba

Moradores interditaram a AL-101 Norte, no sábado passado, causando grande congestionamento (Foto: Severino Carvalho)
Moradores interditaram a AL-101 Norte, no sábado passado, causando grande congestionamento (Foto: Severino Carvalho)

O engenheiro residente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Vicente Oliveira, afirmou que, dentro de 15 dias, o órgão estadual providenciará a instalação de dois quebra-molas na AL-101 Norte, no trecho que corta o distrito de Peroba, em Maragogi.

A reivindicação é da comunidade que, no sábado passado, interditou a rodovia estadual em protesto contra dois atropelamentos com vítimas fatais, em menos de 15 dias, naquele trecho da AL-101. Segundo o engenheiro residente do DER para a região Norte do Estado, inicialmente serão instaladas as placas de sinalização vertical, no prazo de uma semana.

“Instalaremos primeiro as placas para que os condutores passem a se acostumar com a nova sinalização e, em seguida, providenciaremos a instalação dos quebra-molas que também receberão pintura”, afirmou Oliveira.

Técnicos do DER estiveram em Maragogi na terça-feira quando realizaram um estudo técnico para avaliar a possibilidade de instalação dos redutores físicos de velocidade. A viabilidade técnica, segundo engenheiro, foi atestada. 

“O projeto já está pronto”, revelou Oliveira. Os representantes do DER se reuniram, na sede do 6° Batalhão de Polícia Militar (6° BPM), com representantes da comunidade de Peroba e do Costa dos Corais Convetion & Bureau (CCVB) para discutir e selar o acordo com vistas à instalação dos quebra-molas. 

Eles aproveitaram a oportunidade para também cobrar do DER e do 6° BPM uma maior fiscalização nas praias de Peroba, onde é grande o fluxo de veículos automotores nas areias, sobretudo nos fins de semana e feriados prolongados.   

Lombadas eletrônicas

Questionado sobre a possibilidade de instalação de redutores eletrônicos de velocidade, o DER informou, por meio de sua assessoria, que aguarda um processo licitatório para a implantação desses equipamentos em algumas rodovias estaduais, a exemplo da AL- 101 Sul e Norte e a AL-220, em Arapiraca. O Departamento, entretanto, não informou os trechos exatos que receberiam as chamadas “lombadas eletrônicas”.

Os condutores de veículos reclamam do excesso de quebra-molas ao longo da AL-101 Norte. De Maceió a Maragogi existem cerca de 30 obstáculos deste tipo. O Código Brasileiro de Trânsito (CBT) recomenda a instalação de lombadas eletrônicas em detrimento do uso de quebra-molas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *