Defesa Social intensifica divulgação do Disque Denúncia

Capitão PM proferiu palestra na Secretaria de Educação de Maragogi (Foto: Severino Carvalho)
Capitão PM proferiu palestra na Secretaria de Educação de Maragogi (Foto: Severino Carvalho)

De olho na alta estação turística que se inicia, a Secretaria de Estado da Defesa Social (SEDS) intensificou, no Litoral Norte de Alagoas, as ações de divulgação do Disque Denúncia 181, canal de acesso gratuito disponível ao cidadão para com os órgãos de segurança do Estado no combate à violência. Palestras, distribuição de panfletos e mensagens em carros de som foram disponibilizadas nos municípios de Maragogi, Japaratinga e São Miguel dos Milagres.

O coordenador do Disque Denúncia, capitão da Polícia Militar (PM) Roberto Feliciano, informou que o objetivo das ações é mostrar para a população como funciona esse sistema e de que forma os cidadãos podem colaborar com esse processo.

“Uma denúncia acaba sendo um gesto de solidariedade. Aquela informação, por menor que seja, para quem vai investigar tem um valor agregado. A população, acima de tudo, pode ter a certeza de que o anonimato e a segurança dela estão garantidos”, enfatizou o oficial, em entrevista ao jornal Gazeta de Alagoas, edição desta quinta-feira (18).

Na manhã de quarta-feira (17), ele proferiu palestra em Maragogi a agentes de segurança pública, conselheiros tutelares e a funcionários das secretarias municipais de Assistência Social e Turismo. A reunião aconteceu no auditório da Secretaria Municipal de Educação.

“Ao fazer a ligação gratuita para o 181, um atendente recebe aquelas informações e, ao final, o denunciante recebe um código, que o permitirá completar a denúncia se necessário, mais adiante, e também saber qual foi o desdobramento dela”, explicou.

Além do Disque 181, o oficial citou ainda os outros canais disponíveis para as denúncias, a exemplo do endereço de e-mail (denuncia181@seds.al.gov.br), onde é possível enviar vídeos e fotos. “Uma outra forma é acessando as páginas da Secretaria de Defesa Social, da Polícia Civil, Militar e do Corpo de Bombeiros. Através dos sites na internet, você preenche alguns campos disponíveis e realiza suas denúncias”, acrescentou.

O coordenador do programa informou, ainda, que a ação de divulgação do Disque 181 se faz necessária no Litoral Norte de Alagoas – segundo maior polo hoteleiro do Estado – diante do início da alta temporada turística. “Já que a população flutuante aumenta consideravelmente nesse período, a ideia é que a população possa ajudar, através dessa ferramenta, os setores de segurança nas investigações e no policiamento ostensivo”, observou.

Por fim, o capitão condenou os trotes realizados para o sistema. Essa prática pode induzir os agentes de segurança ao erro e dificultar que uma demanda verdadeira seja resolvida. Segundo ele, os trotes são realizados, geralmente, por crianças. “Solicitamos à população usar de forma oportuna os meios disponíveis. A educação é fundamental nesse sentido”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *