Campanha incentiva descarte correto de pilhas e baterias em Maragogi

Coletores foram distribuídos em diversos pontos do município (Fotos: Ascom)
Coletores foram distribuídos em diversos pontos do município (Fotos: Ascom)

As pilhas e baterias, quando descartadas no meio ambiente, liberam componentes tóxicos que contaminam o solo, os cursos d’água e os lençóis freáticos. Esses resíduos representam risco ao meio ambiente e à saúde pública.

Com objetivo de promover a destinação correta, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Maragogi lançou a campanha Papa-Pilha. Para isso, espalhou coletores em diversos pontos da cidade em bares, restaurantes, hotéis, pousadas, órgãos municipais e estaduais, além de escolas públicas e privadas.

“O objetivo da campanha é minimizar os impactos ambientes causados pelo descarte irregular de pilhas e baterias. Os moradores acabam descartando esses produtos junto com o lixo doméstico, que vai diretamente para o lixão da cidade. Os catadores acabam se contaminando”, observou a secretária municipal de meio ambiente de Maragogi, Edjanete Cândido.

Material arrecadado é entregue ao IMA
Material arrecadado é entregue ao IMA

Dentre os componentes tóxicos de pilhas e baterias estão o cádmio, o chumbo e o mercúrio. Segundo a secretária, as pilhas arrecadadas nos pontos de coleta de Maragogi são entregues ao Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA) que faz o descarte correto, sem danos ao meio ambiente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *