Baleia encalha morta na praia de Peroba

Baleia foi encontrada pela manhã na praia de Peroba (Foto: Severino Carvalho)
Baleia foi encontrada pela manhã na praia de Peroba (Foto: Severino Carvalho)

Atualizado às 18 horas

Um exemplar de baleia Jubarte (Megaptera novaeangliae) encalhou morto, na manhã desta sexta-feira (12), na praia de Peroba, em Maragogi, no Litoral Norte de Alagoas.  Trata-se de um indivíduo juvenil com 4,7 metros em avançado estado de decomposição.

Por volta das 14h30, a prefeitura de Maragogi utilizou uma retroescavadeira para enterrar o animal ali mesmo na praia, em área distante da influência da maré. Técnicos da base do Centro de Mamíferos Aquáticos (CMA) coordenaram os trabalhos.

Foi o quarto encalhe de baleias no Litoral Norte de Alagoas em pouco mais de dois meses, na costa litorânea dos municípios de São Miguel dos Milagres, Japaratinga e Maragogi. Neste, houve dois registros, o primeiro na praia de Ponta de Mangue.

O animal encontrado nesta sexta-feira surgiu nas proximidades da foz do Rio Persinunga por volta das 6 horas, segundo informou a auxiliar de garçom Ana Mirelly, que trabalha em uma pousada.

Para a médica veterinária Adriana Colosio, pesquisadora do Programa de Resgate do Instituto Baleia Jubarte (IBJ), com sede no município de Caravelas, Sul da Bahia, é comum o encalhe de indivíduos desta espécie nesta época do ano, quando aumenta a concentração desses animais na costa brasileira, saídos do continente antártico. Eles chegam em busca de águas quentes para se reproduzir e se alimentar.

Segundo o analista ambiental Iran Normande, da base avançada do CMA, em Porto de Pedras, até agora não foi possível identificar a causa da morte das três baleias que encalharam recentemente no Litoral Norte de Alagoas. Isso aconteceu em virtude do avançado estado de decomposição em que foram encontradas, a exemplo da baleia surgida nesta sexta-feira.

São várias as causas de mortalidade, desde as naturais (doenças), velhice ou por fatores antrópicos: emalhe em redes de pesca, colisão com embarcações, variações climáticas, contaminação por metais pesados ou hidrocarbonetos.

One thought on “Baleia encalha morta na praia de Peroba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *